CONHEÇA A SOCIOLOGIA FISCAL
 

Pedro Santos Mundim

Pedro Santos Mundim adora fazer pesquisas de opinião pública para medir comportamentos, atitudes e valores dos cidadãos, e analisar dados quantitativos e qualitativos. Até recentemente, nunca tinha se interessado por tributos, orçamento público e questões fiscais – a não ser quando foi conselheiro fiscal da ABCP –, mas entrou no GESF justamente para unir as duas coisas. Sua experiência com pesquisas de opinião e análise de dados vai além da academia, já que entre 2014 e 2015 foi Assessor Especial e Diretor da Assessoria de Opinião Pública da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República do Brasil, onde participou e/ou coordenou a execução de 57 pesquisas quantitativas – entre eles a Pesquisa Brasileira de Mídia 2015 – e 11 pesquisas qualitativas. Na academia participou e/ou coordenou de três grandes surveys: o Estudo Eleitoral Goianiense (2016), A comunicação no enfrentamento à COVID-19 (2020) – conduzido pelo CPS da UnB – e a Avaliação do Programa Restaurante do Bem (2021). Hoje, além de continuar a fazer pesquisas de opinião pública, busca aprimoramento técnico e intelectual nas áreas de ciências sociais computacionais, análise de sentimentos, experimentos em survey e psicologia política. Atualmente, está lotado, em regime de dedicação exclusiva, na Faculdade de Ciências Sociais da UFG. É docente permanente dos cursos de Pós-graduação em Ciência Política e Comunicação, todos da UFG.

Tecnologia do Google TradutorTradutor